A Geração de Valor nas empresas como caminho para o sucesso empresarial

Como a Educação Corporativa ajuda no processo de valorização de uma marca

 

O empresário que está no mercado precisa, acima de tudo, que seu produto ou serviço seja conhecido pelo público para fazer jus ao investimento, certo? Mas como chegar a esse ponto, frente a uma ampla concorrência que está, é claro, pensando sempre em uma estratégia para se destacar? É aí que entra o conceito de construção de valor e as novas regras do jogo nas relações comerciais com a sociedade.

post_fissa
Aula do Pro-Fissa Lab com o facilitador Eugenio do Val

O publicitário Eugênio do Val, diretor de marketing do Pro-Fissa, Escola de Educação Corporativa, explica que diante de tanta concorrência e com a força da internet, as empresas, lideradas por seus gestores e pela área de marketing, precisam focar em uma nova premissa – a Geração de Valor – caso queiram estar no círculo de interesse da sociedade ou de segmentos dela e prosperarem. “As pessoas estão mais conectadas e mais preocupadas com a qualidade do que está a sua volta”, diz Eugênio. Segundo ele, não basta apenas ter um bom produto ou serviço, é preciso mostrar quais são seus valores, (e o propósito da empresa) e de que forma irão satisfazer as necessidades e anseios dos públicos envolvidos (os stakeholders), para serem percebidos como úteis e relevantes.

 

Formado em Publicidade e Propaganda pela UNAERP, pós-graduado em Comunicação pela Escola Superior de Propaganda e Marketing (ESPM) e co-autor no Inovation Marketing Management pela Escola de Marketing Industrial, Eugênio tem ampla experiência em marketing e desenvolvimento de mercados e é CEO do Grupo Produção Coletiva Comunicação. Como um dos facilitadores do Pro-Fissa Lab, curso direcionado ao desenvolvimento de líderes empreendedores e intraempreendedores, ele faz parte do time que apresenta este novo cenário para empresários e gestores entenderem a diferença entre valor e preço no mercado, o primeiro passo para fazer um bom trabalho de geração de valor.

 

Em sua análise, valor surge da relação entre a satisfação das necessidades/aspirações dos indivíduos e os recursos necessários para satisfazê-las (real e legitimamente), enquanto que preço é só um elemento levado em conta quando se tem ausência de valor nas coisas, como nas commodities. “Alguém até pode questionar que não adianta ter valor se não tem recurso para adquirir – mas o fato é que o desejo continua existindo, então o ponto passa a ser outro, também muito importante para o sucesso do negócio: o posicionamento de produtos, serviços e até o da empresa e, a partir disso, o preço passa a ser só um detalhe e o lucro, com toda certeza, será superior a qualquer projeção financeira”.

 

Uma dica de como o empresário deve “imprimir” o valor em seu produto é começar por um pequeno gesto: na hora de constituir seu negócio ele precisa ter claro o porquê está fazendo aquilo e qual será o propósito frente a sociedade. Dado este passo, a construção de valor começou, pois seu negócio, produto ou serviço terá uma contrapartida com a sociedade (ou parte dela). “A partir daí vem uma série de ações do dia a dia. Construir valor é uma atividade constante, mas eu destaco a contratação de pessoas alinhadas com os objetivos do negócio como o segundo passo mais importante deste processo, pois a conduta destes profissionais é que vai de fato dar vida ao processo de construção de valor”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *