Humanidade – mudando de pele

Por Ricardo Cancela Universidade de São Paulo – USP Business Leader | Entrepreneur | Keynote Speaker | Enthusiast for Innovation Estamos vivendo um momento único para a humanidade, onde o que era importante perdeu importância, o que não era pensado agora é vivido no cotidiano das pessoas. Estas mudanças são tão latentes, que estamos presenciando a expansão e descentralização do conhecimento, da economia, da maneira como nos relacionamos, como fazemos Leia mais…

A Geração de Valor nas empresas como caminho para o sucesso empresarial

Como a Educação Corporativa ajuda no processo de valorização de uma marca   O empresário que está no mercado precisa, acima de tudo, que seu produto ou serviço seja conhecido pelo público para fazer jus ao investimento, certo? Mas como chegar a esse ponto, frente a uma ampla concorrência que está, é claro, pensando sempre em uma estratégia para se destacar? É aí que entra o conceito de construção de Leia mais…

Oito erros que destroem a carreira de pessoas inteligentes

Publicação: Forbes Brasil – 15/06/2014 Todos nós já vimos isso em nossas carreiras: pessoas que passaram a estar no topo da empresa ou indústria, mas que acabaram dando um tiro no próprio pé. Na maioria das vezes, sua inteligência é intimidador. Eles poderiam ter ido para as melhores faculdades do mundo e ter trabalhado anteriormente com a melhor das melhores empresas antes de ir para a sua. E, no entanto, Leia mais…

Quão feliz você se sente fazendo o que faz?

 Por Leandro Vieira Na minha infância, tive a grande sorte de ter sofrido dois graves acidentes e ter saído vivo para contar a história. Fui atropelado aos seis e voei pelo para-brisa do carro aos oito. Sorte? Como assim? Bom, além da dádiva da vida, fui presenteado com longos meses em casa, fora do sistema escolar. Talvez por isso eu tenha me tornado o doidinho que nunca se enquadrou às Leia mais…

FAÇA DA AUTOCONFIANÇA O SEU POTE DE OURO

Tenho observado uma movimentação bem interessante no mundo corporativo. Atuo como palestrante profissional há 15 anos, mas me comporto e trato a minha carreira como se eu tivesse um ou dois anos de presença ativa no mercado. Se eu não permanecer atenta, a diferença entre a minha marca profissional e a de um profissional com pouco tempo de carreira, pode ser zero. O tempo de caminhada profissional deixou de ser Leia mais…